Categorias

terça-feira, 15 de maio de 2012

PARACANTINS - O INÍCIO

O início
Olá pessoas lindas, vou começar a contar uma história cheia de arte, entrega, dança e brincadeiras.Uma história de pessoas que souberam aproveitar o melhor dos momentos vividos. Tudo isto aconteceu no período em que existiu um grupo amador de dança, aqui em Palmas, o Grupo Folclórico Paracantins (Pará+Tocantins).

Mais ou menos em abril de 1997 comecei a frequentar o Grupo de Jovens da Paróquia São José-Palmas/TO e, fiquei sabendo que no mês de junho haveria um encontro dos Grupos de Jovens da Capital, e que estes grupos deveriam levar alguma atividade cultural para o encontro. Eu sugeri que apresentássemos uma coreografia do Boi-Bumbá de Parintins, alguns colegas acharam interessante e começamos a ensaiar nos fundos da casa de meus pais, na Antiga Arse 71.

Foram  2 coreografias escolhidas:

Pesadelo dos Navegantes  http://letras.terra.com.br/caprichoso-boi-bumba/1251399/(confiram aqui letra, música e coreografia, não é nosso grupo dançando, serve apenas para ilustrar), e Boi-Tatá http://www.cifraclub.com.br/caprichoso-boi-bumba/boi-tata/ (aqui letra e música), as duas coreografias são do Boi-Bumbá Caprichoso.

Foram 4 semanas de intensos ensaios, todas as noites, em meio a muita diversão e dança, onde a formação inicial do grupo foi: Adriana (Drica), Ana Paula (euzinha), José, Luani, Rose e Sônia Cristina.

A apresentação foi um sucesso, todos naquela noite gostaram, nos apresentamos no Pátio da Paróquia São Cristóvão, da antiga Arse 41.

Depois daquela noite para nossa surpresa Luani, Adriana e Rose sugeriram que déssemos continuidade ao grupo, elas queriam continuar aprendendo Boi-Bumbá e, pediram permissão aos meus pais para os ensaios continuarem sendo lá na nossa casa. Bom, nos reunimos para decidir se prosseguiríamos de fato e continuamos a nos encontrar sempre de noite para aprender coisas novas.

E assim surgiu o Paracantins, um grupo de jovens que só queria se divertir e cultivar a cultura brasileira. Muito embora, alguns tivessem entendido errado nossa proposta e por muitas vezes tenhamos sido menosprezados, xingados, e até perseguidos por pessoas que, se achavam no direito de tolhir nossa liberdade de expressão.

Mas isto é para o próximo capítulo da Saga Paracantins.

P.S.: Para Cristina, nesta foto você mal aparece, mas te prometo que na próxima publicação terás um lugar de destaque. ;)

2 comentários:

  1. Sim Alcione, temos "n" vídeos porém, preciso comprar um conversor de VHS para microcomputador, assim poderei alimentar com mais detalhes o blog. É uma herança que não pode ser perdida.

    ResponderExcluir

Caminho, Verdade e Vida

Caminho, Verdade e Vida
Nossa Luz

Música Oriental